Facebook

domingo, 15 de julho de 2018

Deborah Secco é capa da Revista Boa Forma de julho


A atriz Deborah Secco que está na novela Segundo Sol, na TV Globo é capa da Revista Boa Forma de julho.



segunda-feira, 9 de julho de 2018

Crítica: Homem-Formiga e a Vespa



Após as consequências de Vingadores Guerra Infinita ficou a curiosidade de muitos fãs da Marvel de como seria retratado o filme Homem-Formiga e a Vespa já que os protagonistas sequer estiveram presentes no filme.

Como de costume os filmes da Marvel não foge dos estilos como ação, ficção e claro o humor e neste filme a mistura dos três deram muito certo, e acredito que este filme foi o mais "família" entre todos no sentido de ver os relacionamentos entre marido e mulher Hank Pym e Janet van Dyne, pai e filha Hank Pym e Hope van Dyne / Cassie e Scott Lang.

Talvez desta relação familiar a mais centrada é entre Scott Lang e sua filha Cassie que é bem demonstrada desde o primeiro filme e criamos um sentimento bem afetuoso por ambos quando vemos as cenas.



As cenas mais humoradas no filme renderam boas piadas, algumas muito boas e outras já clichês que chegaram a dar graça ao filme.

O filme faz um bom link com o primeiro filme do Homem Formiga e Guerra Civil, já que muitas ações do filme tem as lembranças de ambos, mas apenas uma cena linka com Vingadores Guerra Infinita.

A dinâmica dos personagens é uma das melhores possíveis, por conta deste relacionamento mais familiar, mas também de outros personagens como a turma da XCom, liderada por Luis e até mesmo a vilã, que aliás é uma das vilãs que considero mais fracas do filme por conta de seu contexto, mas por fim ela teve um bom final.

O roteiro do filme seguia um ritmo só que era de uma certa forma recuperar / salvar Janet van Dyne que era a antiga Vespa que estava perdida no Reino Quântico e tudo que cerca nela é bem desenvolvido.

As cenas de ações achei que merecia mais atenção, apesar de boas as poucas que tiveram como as de lutas como a primeira que teve envolvendo a personagem Hope.

Acreditamos que uma sequência da franquia  Homem-Formiga  seria muito boa, focando no ambiente que ele convive, as pessoas com quem ele convive, pois dá para fazer um filme cotidiano familiar misturando comédia sem problema nenhum, mas há uma dúvida se terá ou não a continuidade.



4/5


domingo, 8 de julho de 2018

Estreias Mais Esperadas nos Cinemas em Julho de 2018



Separei oito grandes filmes que estrearão nos cinemas aqui no Brasil neste mês de julho que é o mês das férias para muitas pessoas, principalmente estudantes que poderão aproveitar o tempo livre para ver grandes lançamentos.



 Homem-Formiga e a Vespa

Data de lançamento 5 de julho de 2018 (1h 58min)
Direção: Peyton Reed
Elenco: Paul Rudd, Evangeline Lilly, Michael Douglas mais
Gêneros Ação, Ficção científica, Aventura 
 
Sinopse:
 
Após ter ajudado o Capitão América na batalha contra o Homem de Ferro na Alemanha, Scott Lang (Paul Rudd) é condenado a dois anos de prisão domiciliar, por ter quebrado o Tratado de Sokovia. Diante desta situação, ele foi obrigado a se aposentar temporariamente do posto de super-herói. Restando apenas três dias para o término deste prazo, ele tem um estranho sonho com Janet Van Dyne (Michelle Pfeiffer), que desapareceu 30 anos atrás ao entrar no mundo quântico em um ato de heroísmo. Ao procurar o dr. Hank Pym (Michael Douglas) e sua filha Hope (Evangeline Lilly) em busca de explicações, Scott é rapidamente cooptado pela dupla para que possa ajudá-los em sua nova missão: construir um túnel quântico, com o objetivo de resgatar Janet de seu limbo. 


 Mulheres Alteradas

Data de lançamento 5 de julho de 2018 (1h 35min)
Direção: Luis Pinheiro
Elenco: Deborah Secco, Alessandra Negrini, Monica Iozzi mais
Gênero Comédia 
 
Sinopse:
 
O cotidiano de quatro mulheres, cada uma enfrentando problemas bem particulares: Keka (Deborah Secco) enfrenta uma crise no casamento com Dudu (Sérgio Guizé), Marinati (Alessandra Negrini) é uma workaholic que repentinamente se apaixona por Christian (Daniel Boaventura), Leandra (Maria Casadevall) sente-se bastante insegura pelo fato de ainda não ter constituído família e Sônia (Monica Iozzi) está cansada da rotina doméstica e sonha com a época em que era solteira. 



Arranha-Céu: Coragem Sem Limite

Data de lançamento 12 de julho de 2018 (1h 42min)
Direção: Rawson Marshall Thurber
Elenco: Dwayne Johnson, Neve Campbell, Chin Han mais
Gêneros Ação, Suspense 
 
Sinopse:
 
Responsável pela segurança de arranha-céus, o veterano de guerra americano e ex-líder da operação de resgate do FBI, Will Ford (Dwayne Johnson), é acusado de ter colocado o edifício mais alto e mais seguro da China em chamas. Cabe ao agente achar os culpados pelo incêndio, salvar sua família que está presa dentro do prédio e limpar seu nome.







Hotel Transilvânia 3: Férias Monstruosas

Data de lançamento 12 de julho de 2018 (1h 37min)
Direção: Genndy Tartakovsky
Elenco: Adam Sandler, Selena Gomez, Kathryn Hahn mais
Gêneros Animação, Comédia 
 
Sinopse:
 
Solitário e infeliz, buscando um novo amor na internet, Dracula é surpreendido com um presente da querida filha: férias em um cruzeiro. Inicialmente resistente à ideia, ele acaba engajado no passeio ao se encantar pela comandante, que, no entanto, esconde um segredo nada amigável.






Uma Quase Dupla

Data de lançamento 19 de julho de 2018 (1h 30min)
Direção: Marcus Baldini
Elenco: Tatá Werneck, Cauã Reymond, Louise Cardoso mais
Gênero Comédia 
 
Sinopse:
 
Quando uma série de assassinatos abala a rotina da cidade de Joinlândia, o calmo e pacato subdelegado Claudio (Cauã Reymond) receberá a ajuda da destemida e experiente investigadora Keyla (Tatá Werneck) nas investigações. No entanto, a diferença de ritmo e a falta de química dos dois só atrapalhará a solução do caso.






Ilha dos Cachorros

Data de lançamento 19 de julho de 2018 (1h 42min)
Direção: Wes Anderson
Elenco: Bryan Cranston, Frances McDormand, Edward Norton mais
Gêneros Animação, Aventura 
 
Sinopse:
 
Atari Kobayashi é um garoto japonês de 12 anos de idade. Ele mora na cidade de Megasaki, sob tutela do corrupto prefeito Kobayashi. O político aprova uma nova lei que proíbe os cachorros de morarem no local, fazendo com que todos os animais sejam enviados a uma ilha vizinha repleta de lixo. Mas o pequeno Atari não aceita se separar do cachorro Spots. Ele convoca os amigos, rouba um jato em miniatura em parte em busca de seu fiel amigo. A aventura vai transformar completamente a vida da cidade.


Missão Impossível - Efeito Fallout

Data de lançamento 26 de julho de 2018
Direção: Christopher McQuarrie
Elenco: Tom Cruise, Rebecca Ferguson, Henry Cavill mais
Gêneros Ação, Espionagem 
 
Sinopse:
 
Quando uma importante missão não sai como o planejado, Ethan Hunt (Tom Cruise) e o time do IMF unem forças em ação numa corrida contra o tempo para acertar as contas com os erros do passados.








Pitty é capa da Rolling Stone de julho



A cantora Pitty, que é uma das maiores roqueiras da atualidade, aliás, talvez uma das únicas é capa da Rolling Stone de julho.

Letícia Colin é capa da Revista Corpo a Corpo de Julho



A atriz Letícia Colin que está brilhando na novela Segundo Sol, na TV Globo é capa da Revista Corpo a Corpo de Julho.

Revista VIP - José Padilha - Julho de 2018



O diretor José Padilha  é capa da Revista VIP para este mês de julho. Preparando-se para lançar a segunda temporada de "O Mecanismo", o diretor brasileiro mais poderoso da Netflix.


domingo, 24 de junho de 2018

Mariana Rios é capa da revista TOP Magazine de Junho



A atriz e cantora Mariana Rios é capa da revista TOP Magazine de Junho. Independente, empoderada e super gata, a atriz esbanja confiança e sensualidade. Na revista ela é entrevistada e fala sobre carreira, sobretudo de cantora que na qual vem se destacando.



domingo, 10 de junho de 2018

Ana Hickmann é capa da Revista Boa Forma de Junho



Aos 37 anos, Ana Hickmann pesa 10 kg a mais do que na época em que era modelo, mas considera que, hoje, seu corpo está na melhor forma – com mais músculos, resistência e saúde. Na edição de junho da Boa Forma que já está nas bancas.


domingo, 3 de junho de 2018

Estreias Mais Esperadas nos Cinemas em Junho de 2018



Estamos quase na metade do ano e vimos até agora bons filmes nas salas de cinema por aqui no Brasil. É fato que ainda há filmes como Vingadores e Deadpool ainda arrasando nas telas, mas neste mês teremos poucas e boas estreias para assistirmos.

Separei onze filmes que acredito que sejam os mais esperados para este mês de junho, entre eles dois filmes muito esperados pelo público.



07 DE JUNHO



Oito Mulheres e um Segredo

Data de lançamento 7 de junho de 2018 (1h 50min)
Direção: Gary Ross
Elenco: Sandra Bullock, Cate Blanchett, Anne Hathaway mais
Gêneros Comédia , Policial 
 
Sinopse:
 
Recém-saída da prisão, Debbie Ocean (Sandra Bullock) planeja executar o assalto do século em pleno Met Gala, em Nova York, com o apoio de Lou (Cate Blanchett), Nine Ball (Rihanna), Amita (Mindy Kaling), Constance (Awkwafina), Rose (Helena Bonham Carter), Daphne Kluger (Anne Hathaway) e Tammy (Sarah Paulson).






Anna Karenina: A História de Vronsky

Data de lançamento 7 de junho de 2018 (2h 18min)
Direção: Karen Shakhnazarov
Elenco: Elizaveta Boyarskaya, Max Matveev, Vitaliy Kishchenko mais
Gênero Drama 
 
Sinopse:
 
Durante a guerra russo-japonesa, em 1904, Sergey Karenin (Kirill Grebenshchikov), o chefe de um hospital descobre que um dos oficiais feridos é o conde Vronsky (Max Matveev), a pessoa que arruinou sua mãe, Anna Karenina (Elizaveta Boyarskaya). Agora, ele procura informações sobre o amante da mãe, e o quê a levou a desistir da vida. 






No Olho do Furacão

Data de lançamento 7 de junho de 2018 (1h 40min)
Direção: Rob Cohen
Elenco: Toby Kebbell, Maggie Grace, Ryan Kwanten mais
Gênero Ação

Sinopse:

Um grupo de criminosos planeja roubar 600 milhões de dólares do tesouro americano durante a passagem de um furacão. No entanto, seus planos são interrompidos quando o fenômeno meteorológico atinge o nível 5, considerado o mais grave de todos, e eles precisam do código de segurança que apenas uma funcionária do banco tem conhecimento. 





Bonifácio - O Fundador do Brasil

Data de lançamento 7 de junho de 2018
Direção: Mauro Ventura
Elenco: Paulo Lopes, Olavo de Carvalho, D. Bertrand de Orléans e Bragança mais
Gêneros Documentário, Histórico 
 
Sinopse:
 
José Bonifácio de Andrada e Silva foi um cientista, filósofo, estrategista e herói de guerra brasileiro que teve um papel decisivo do processo de emancipação do Estado brasileiro em relação a Portugal, sendo conhecido pelo título de Patriarca da Independência. Através de entrevistas com historiadores, a trajetória de sua vida, assim como suas aventuras, são reveladas em um formato inovador, que vai muito além dos livros de história.




14 DE JUNHO

Do Jeito que Elas Querem

Data de lançamento 14 de junho de 2018 (1h 37min)
Direção: Bill Holderman
Elenco: Diane Keaton, Jane Fonda, Candice Bergen mais
Gênero Comédia 
 
Sinopse:
 
Nos arredores da Califórnia, quatro amigas de longa data estão na casa dos 60 anos e decidem ler no clube do livro mensal o romance Cinquenta Tons de Cinza. Esse não é o tipo de livro que elas leem normalmente, o que faz com que a vida dessas mulheres bem-sucedidas e inteligentes mude completamente. 






Sol da Meia-noite

 Data de lançamento 14 de junho de 2018 (1h 33min) Direção: Scott Speer Elenco: Bella Thorne, Patrick Schwarzenegger, Rob Riggle mais Gêneros Drama, Romance 

Sinopse:

Katie (Bella Thorne) é uma jovem de 17 anos que vive protegida dentro de sua casa desde a sua infância. Confinada no local durante os dias, ela possui uma rara doença que faz com que a menor quantidade de luz solar seja mortal. Sua situação muda quando seu destino se cruza com o de Charlie (Patrick Schwarzenegger) e eles iniciam um romance de verão.






Talvez uma História de Amor

Data de lançamento 14 de junho de 2018
Direção: Rodrigo Bernardo
Elenco: Mateus Solano, Thaila Ayala, Bianca Comparato mais
Gêneros Romance, Comédia 
 
Sinopse:
 
Quando chega em casa, depois de mais um dia corriqueiro no trabalho, Virgílio (Mateus Solano) liga a secretária eletrônica e ouve um recado perturbador. É uma mensagem de Clara (Thaila Ayala), comunicando o término do relacionamento dos dois. Virgílio, contudo, não faz a menor ideia de quem é Clara.  Perturbado devido ao seu jeito metódico e controlador, ele não se lembra de ter se relacionado com ninguém, mas todos ao seu redor pareciam saber do relacionamento dos dois, perguntando como ele está se sentindo com o término. Agora, ele precisa encontrar essa mulher misteriosa.



21 DE JUNHO


Jurassic World: Reino Ameaçado

Data de lançamento 21 de junho de 2018 (2h 09min)
Direção: Juan Antonio Bayona
Elenco: Chris Pratt, Bryce Dallas Howard, Jeff Goldblum mais
Gêneros Aventura, Ficção científica 
 
Sinopse:
 
Quatro anos após o fechamento do Jurassic Park, um vulcão prestes a entrar em erupção põe em risco a vida na ilha Nublar. No local não há mais qualquer presença humana, com os dinossauros vivendo livremente. Diante da situação, é preciso tomar uma decisão: deve-se retornar à ilha para salvar os animais ou abandoná-los para uma nova extinção? Decidida a resgatá-los, Claire (Bryce Dallas Howard) convoca Owen (Chris Pratt) a retornar à ilha com ela.




Mulheres Alteradas

Data de lançamento 21 de junho de 2018
Direção: Luis Pinheiro
Elenco: Deborah Secco, Alessandra Negrini, Monica Iozzi mais
Gênero Comédia 
 
Sinopse:
 
O cotidiano de quatro mulheres, cada uma enfrentando problemas bem particulares: Keka (Deborah Secco) enfrenta uma crise no casamento com Dudu (Sérgio Guizé), Marinati (Alessandra Negrini) é uma workaholic que repentinamente se apaixona por Christian (Daniel Boaventura), Leandra (Maria Casadevall) sente-se bastante insegura pelo fato de ainda não ter constituído família e Sônia (Monica Iozzi) está cansada da rotina doméstica e sonha com a época em que era solteira.




28 DE JUNHO


Os Incríveis 2

Data de lançamento 28 de junho de 2018 (1h 58min)
Direção: Brad Bird
Elenco: Craig T. Nelson, Holly Hunter, Brad Bird mais
Gêneros Animação, Família 
 
Sinopse:
 
Quando Helena Pêra é chamada para voltar a lutar contra o crime como a super-heroína Mulher-Elástica, cabe ao seu marido, Roberto, a tarefa de cuidar das crianças, especialmente o bebê Zezé. O que ele não esperava era que o caçula da família também tivesse superpoderes, que surgem sem qualquer controle.







Sicario: Dia do Soldado

Data de lançamento 28 de junho de 2018 (2h 02min)
Direção: Stefano Sollima
Elenco: Benicio Del Toro, Josh Brolin, Isabela Moner mais
Gêneros Suspense, Ação, Drama, Policial 
 
Sinopse:
 
Depois de Scicario - Terra de Ninguém, acompanhe o misterioso Alejandro Gillick (Benicio Del Toro) e o oficial da CIA, Matt Graver (Josh Brolin), trabalhando juntos em uma audaciosa ação secreta. Na missão que envolve a filha de um chefão das drogas, Isabelle (Isabella Moner), Alejandro acaba se vendo em uma encruzilhada moral e suas escolhas podem acabar desencadeando uma sangrenta guerra de cartéis.



Bruna Marquezine é capa da revista Harper's Bazaar


A atriz Bruna Marquezine é capa da revista Harper's Bazaar para este mês de Junho. A capa está simples, toda em tom branco e a foto a lindíssima Bruna que há anos vem sendo uma das mais belas mulheres do Brasil.


sexta-feira, 1 de junho de 2018

Grandes Discos Brasileiros | 'Roupa Nova' - Roupa Nova (1985)



A banda Roupa Nova é uma das maiores de todos os tempos na música brasileira por conta de suas canções sempre românticas letradas ao estilo Pop com Rock e Soft-Rock. A banda iniciou suas atividades no final da década de 70, mas foi nos anos 80 que a banda se consolidou como uma das melhores se destacando principalmente em trilhas sonoras de novela. Pela primeira vez a banda é homenageada na série  Grandes Discos Brasileiros.




Vamos relembrar o quinto disco da banda que se chamou Roupa Nova e foi lançado no ano de 1985 e é considerada por muitos como seu melhor disco, sobretudo por conta dos singles que foram lançados que fizeram parte de trilhas sonoras de novelas e o alto número de vendas que acabou deixando este disco entre os mais vendidos da história da nossa música.

Em 1985 eu ainda não tinha nascido, todavia nasci em 1986 e conforme me dava conta de mim adorava escutar alguns discos como este e lembro que gostava da capa onde tinha os seis integrantes sob o enorme nome da banda.

A banda já sabia caminhar muito bem, portanto grande parte da produção, planejamento e resultado final ficou por conta de toda a equipe do Roupa Nova, mas quem esteve à frente também na produção foi Guti 






Foram incluídos no disco onze faixas e boa parte dos compositores são os próprios integrantes do Roupa Nova, mas teve parceiros que ajudaram e disponibilizaram suas obras autorais para ajudar neste grande disco.

Sem dúvida nenhuma o maior sucesso deste disco e talvez da carreira da banda é a canção "Dona", escrita por Sá e Guarabyra. A canção foi trilha sonora nada mais que na novela Roque Santeiro, considerada uma das cinco maiores novelas da TV Globo e esta trilha era tema justamente da Viúva Porcina que era a personagem principal. A canção tocou muito e foi muito mesmo, sendo nada mais que a segunda mais tocada em 1985 aqui no Brasil, perdendo apenas para outra grande canção que é "We Are The World".

Outra canção de muito destaque é "Seguindo no Trem Azul" que é uma das minhas favoritas da banda. A letra é uma excelente poesia e muito bem interpretada por Serginho que geralmente tinha a função de interpretar as canções mais românticas e mais lentas, (soft).



A canção "Linda Demais" foi outra de enorme sucesso e que tocou bastante nas emissoras de rádio e até hoje é uma das canções imortais da banda. A música exigia um tom mais alto de entonação e por isso Paulinho é o intérprete desta canção, aliás, este era o diferencial da banda, onde cada canção tinha um interprete específico.

A canção "Show de Rock'n Roll" foi outra canção de destaque e foi o segundo single da banda, mas entre os singles foi a que menos teve grande êxito nas rádios, mas mesmo assim tocou muito. Esta canção foi escrita pela dupla Michael Sullivan, Paulo Massadas.




A faixa "Corações Psicodélicos" não foi um single oficial da banda, mas chegou a tocar nas emissoras de rádio por exigência de muitos fãs que queria ouvir ainda mais deste trabalho. A canção que foi sucesso na voz do Lobão fez parte dos shows da banda por muitos anos.

"Feito pra Sonhar" foi outra canção que ganhou destaque, pela bela letra, ritmo e por conter a participação de Tássia Camargo que faz uma encenação apenas na música e isso gerava muitos pedidos pelos fãs, já que na época tanto Roupa Nova e Tássia eram sucesso na mídia.

Após semanas nas paradas de sucesso o disco chegou a ultrapassar incrível marca de 2,2 milhões de cópias, sendo o disco mais vendido da banda e também um dos discos mais vendidos da música brasileira.


Faixas

Faixa Título Compositor(es)



1 Show de Rock'n Roll Michael Sullivan, Paulo Massadas
2 Seguindo no Trem Azul Cleberson Horsth, Ronaldo Bastos
3 Tão Rica Joe, Tavinho Paes
4 Corações Psicodélicos Lobão / Bernardo Vilhena / Julio Barroso
5 Tudo de Novo Ricardo Feghali, Nando
6 E Você o Que É Que Faz? Serginho, Feghali
7 Dona Sá e Guarabyra
8 Feito pra Sonhar Nando, Paulo Massadas
9 Linda Demais Kiko, Tavinho Paes
10 Um Caso Louco Kiko, Feghali
11 Sonho Serginho, Nando



Ouça o Disco



quinta-feira, 31 de maio de 2018

Grandes Discos Brasileiros | 'Clara Nunes' - Clara Nunes (1973)



Olha ela novamente na série Grandes Discos Brasileiros! Como não amar e não ficar hipnotizado com a voz de Clara Nunes. Ultimamente tem sido uma das cantoras que mais tenho escutado e venho dedicando o tempo para cada um de seus discos, dois deles já postados na série que tem sido bem acessados por leitores do blog e fãs da cantora.




O disco que iremos homenagear é o Clara Nunes de 1973 que marca a carreira internacional de Clara Nunes que conseguiu o respeito em países na Europa nos representando com sua música.

Antes de lançar este disco Clara conheceu os músicos Vinicius de Moraes e Toquinho que queriam dividir com ela shows por saber que ela era um talento especial. Os três estrelaram o show "O poeta, a moça e o violão" no Teatro Castro Alves, em Salvador. Meses depois Clara Nunes foi viajar para a Europa para participar de alguns festivais, entre eles houve um especial em Lisboa onde ela ganhou um show de mais de uma hora e teve sua apresentação reverenciada pela plateia presente.




O disco de 1973, mostrava ainda mais a maturidade de Clara Nunes que estava num estágio altíssima do seu talento, sabendo com maestria dar vida a cada verso interpretado e fez tão lindo que emociona em alguns momentos como por exemplo na canção "É Doce Morrer no Mar", onde é acompanho por uma orquestra em som mais baixo para dar destaque a linda voz.

Por falar em beleza, outro destaque que dou é para a capa que nada mais é que uma pintura de Clara Nunes, realizada pelo artista Luiz Jasmin.

O disco teve uma produção bem planejada e para isso ela contou com maestros para dar toques geniais em alguma faixas, principalmente que necessitariam de instrumentos de orquestra que teve resultados finais espetaculares, sendo bastante elogiada pela crítica, porém boa parte destas canções não tornaram grandes singles. Laércio de Freitas, Carlos Monteiro de Souza, Hélio Delmiro e Orlando Silveira foram os produtores e arranjadores do disco.




O grande sucesso deste disco foi a canção "Tristeza pé no Chão" escrita por Armando Fernandes. A canção tem um excelente acompanhamento da banda que deixa todo em tom de samba e ele abre bem o disco.

Uma canção que destaco é "Quando Eu Vim de Minas" que tem um tom mais alegre e foi escrita pelo autor Xangô da Mangueira. A canção se destaca por ser um samba partido alto que é um estilo que envolve mais instrumentos de percussão. O tom alegre da canção se prova pelo coro ao fundo de pessoas falando e urrando.

A faixa "Minha Festa" é outra canção muito bem escrita e produzida. A letra escrita por Guilherme de Brito e Nelson Cavaquinho é uma comemoração ao fim da tristeza em forma de festa com amigos.

A canção "Meu Carirí" foi outra que teve destaque por ter sido um dos singles executadas na emissoras de rádio.

O disco por fim passou da marca de 100 mil cópias e logo depois ela lançaria um grande disco de carreira que venderia mais e seria uma tendência da sua admirável carreira que é uma das maiores.



Faixas

Faixa Título Compositor(es)



1 Tristeza pé no Chão Armando Fernandes
2 Fala Viola Eloir Silva, Francisco Inácio
3 Minha Festa Guilherme de Brito, Nelson Cavaquinho
4 Umas e Outras Chico Buarque
5 Arlequim de Bronze Synval Silva
6 O mais que Perfeito Vinicius de Moraes, Jards Macalé
7 Quando vim de Minas Xangô da Mangueira
8 Meu Carirí Dilú Mello, Rosil Cavalcanti
9 Homenagem à Olinda, Recife e Pai Edu Baracho
10 É Doce Morrer no Mar Dorival Caymmi
11 Amei Tanto Baden Powell, Vinicius de Moraes
12 Valeu Pelo Amor Ivor Lancelotti



Ouça o Disco



Lais Ribeiro em dose dupla na revista Marie Claire de junho

 

Uma das mais modelos mais bem pagas e respeitadas do mundo, Lais Ribeiro está em dose dupla na revista Marie Claire de junho. A revista fez questão de fazer duas belas capas de uma das mulheres brasileiras mais belas.




segunda-feira, 28 de maio de 2018

Grandes Discos Brasileiros | 'Os Inimitáveis' - João Mineiro & Marciano (1986)



A música sertaneja atualmente é o estilo mais tocado e vendido no mercado fonográfico, mas sabemos que o sertanejo de hoje que é o apelidado de universitário é diferente de várias facetas que o estilo teve como mais romântico e pop nos anos 90, caipira há muito tempo atrás. 

Vamos destacar aqui na série Grandes Discos Brasileiros um disco de sertanejo que era do estilo mais romântico que adotava ares mais modernos, misturando um pouco do caipira e interiorano com bolero, tentando alcançar um novo público e muitos artistas conseguiram tal feito e iremos destacar a dupla João Mineiro & Marciano que entravam no mercado fonográfico na década de 70 e aos poucos foram mudando a forma de interpretar o sertanejo.



Na década de 80 a música sertaneja crescia muito e isso muito devia a mudança que eu escrevi acima de deixar o estilo mais romântico, mais moderno e com a intenção de alcançar um novo público. Em 1986 a dupla João Mineiro & Marciano lançava o disco Os Inimitáveis, também chamado de João Mineiro & Marciano - Volume 11, era nada mais que seu décimo primeiro disco de estúdio.

Para começar, o sucesso deste disco foi tão grande que a dupla ganhou um programa de televisão aos domingos o programa de TV João Mineiro e Marciano Especial no SBT, nas manhãs de domingo, no qual cantavam e recebiam convidados.




Quase todas as músicas tocaram nas rádios, sendo oito delas lançadas oficialmente como singles, mas destes singles teve grandes hits e o maior deles foi a canção "Seu Amor Ainda é Tudo" que é uma das melhores gravações da música sertaneja da história. Escrita por Moacyr Franco a letra é uma poesia e foi escrita num momento difícil para Moacyr que tentava voltar a vida artística na TV e no rádio e graças a interpretação da dupla João Mineiro & Marciano a canção foi uma das mais tocadas no ano de 1985/1986 e fez com que Moacyr Franco voltasse aos poucos na mídia.

A faixa "Crises de Amor" foi uma das canções que mais ouvi da dupla e que tocou razoavelmente nas emissoras de rádio. A letra é uma triceria, entre eles teve a composição de Darci Rossi que participou de quase todas as doze composições do disco. A letra fala que apesar das crises que acontece em um relacionamento, das brigas e desavenças o amor não diminui, já que o amor prevalece.




Outra canção de grande sucesso foi "Whisky Com Gelo" que tinha um estilo mais rancheiro, misturando com bastante romantismo.

A canção "No Mesmo Lugar (Coisa Estranha)" foi lançada em 1985, antes mesmo do disco ser lançado oficialmente, porém o sucesso não foi tão grande como os demais singles, mas mesmo assim tornou uma canção marcante de suas carreiras.

As demais faixas que totalizavam em doze de uma forma ou outra tocaram em emissoras de rádios, algumas com boas repercussões, graças aos diversos estilos misturados ao sertanejo como a rancheiro, a balada romântica, bolero e a guarânia.



Faixas

Faixa Título Compositor(es)



1 Crises de Amor Darci Rossi, José Marciano, José Homero
2 Seu Amor Ainda é Tudo Moacyr Franco
3 Benza Deus Darci Rossi, José Marciano
4 A Tabela (Meu Desespero) Darci Rossi, José Marciano, Rhael
5 Por Sentir Ciúmes Darci Rossi, José Marciano, Vicente Scatena
6 Esconda o Que Houve Darci Rossi, José Marciano
7 No Mesmo Lugar (Coisa Estranha) Darci Rossi, José Marciano
8 Whisky Com Gelo Darci Rossi, José Marciano
9 Caminhão é Assim Darci Rossi, José Marciano
10 Pare Com Isso Darci Rossi, José Marciano
11 Papel de Amante Darci Rossi, José Marciano
12 Amantes e Amigos Darci Rossi, José Marciano



Ouça o Disco



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...